domingo, 16 de abril de 2017

Cadê as placas?

Por Sérgio Franco



Desde Dezembro de 2016 estas placas foram entregues à NitTrans com a promessa de serem instaladas, contudo estamos em Abril de 2017, e perguntamos, você viu algumas dessas placas?


Locais propostos para instalação das placas

O mapa acima mostra os locais para os quais as mesmas foram planejadas ou seja, para serem colocadas nas áreas onde já existem ciclovias e destinadas aos cruzamentos com mais conflitos, onde a preferência do ciclista não é respeitada.

O projeto em teve inicio em Maio de 2016 e era parte de um concurso promovido pela Faculdade de Empreendedorismo da UFF que tinha como objetivo o implemento real de ações na cidade.

Os alunos Mateus Marques e Yago Caetano escolheram a Mobilidade Educativa. 


Os alunos analisaram o índice de acidentes nas ciclorrotas/ciclovias do Centro de Niterói e Icaraí, obtendo dados mapeados e propuseram a implementação de placas educativas nestas regiões para que se alcance um melhor entendimento das leis de trânsito nas vias selecionadas



O projeto visava a melhorar a conscientização dos motoristas.

A idéia não só foi elaborada com o intuito de diminuir o índice de acidentes
envolvendo ciclistas, mas também de aumentar a educação no trânsito.

Apesar do projeto não ter alcançado todos os locais e tipos de placas que inicialmente fora planejado, conseguiram ganhar verba para a instalação de 8 placas, sendo 7 chamando a atenção para a preferência nos cruzamentos e 1 chamando a atenção dos motoristas para o inicio da ciclovia.

Todo projeto foi acompanhado desde o início pelo Mobilidade Niterói e com ciência da NitTrans que  sempre, até o presente momento, concordou com o proposto.

Apesar de terem conseguido verba, comprado as placas e os  materiais solicitados, e terem tido a promessa da NitTrans que a mesma instalaria as mesmas, até o momento, 16/04/2017, nenhuma das placas que já se encontram em poder da NitTrans foram instaladas.

A desculpa dada pela NitTrans é de que não possuem os fixadores adequados, pequenas peças que pelo jeito estão impedindo que a tão esperada sinalização seja implementada.

Por quanto tempo mais os ciclistas terão que esperar por uma simples, mas importante, sinalização?

Matéria sobre as mesmas já foi mencionada no Globo (Aqui)





Nenhum comentário:

Postar um comentário